quarta-feira, 30 de junho de 2010

emoção art.ficial 5.0

hoje é a abertura da exposição emoção art.ficial 5.0 no itaú cultural. dentre as obras está amoreiras, do grupo poéticas digitais ao qual faço parte. as amoreiras estão bem na frente do itaú, na calçada da av. paulista, dando boas vindas à exposição. ao todo são 11 obras, todas bem interessantes com a temática de autonomia e cibernética em comum. a exposição durará 3 meses e é gratuita!!

Cinco pequenas amoreiras são plantadas, em grandes vasos, na Avenida Paulista em São Paulo. A captação da "poluição" é feita através de um microfone, que medirá as variações e discrepâncias de ruídos, como um sintoma dos diversos poluentes e poluidores. O balançar dos galhos é provocado por uma "prótese motorizada" (disposta ao redor do tronco de cada árvore que vibra, causando os movimentos nas folhas e nos galhos). A observação e o amadurecimento do comportamento das "árvores" são possibilitados a partir de um algoritmo de aprendizado artificial. Ao longo dos dias, as árvores vão vibrar em diálogo com a variação dos fatores de poluição, numa dança de árvores, próteses e algoritmos, tornando aparente e de forma poética o balançar às vezes (in)voluntário-maquínico, às vezes através do próprio vento nas folhas.

2 comentários:

Leticia disse...

Parabéns amiga e a todos que trabalharam nesse projeto!!!A instalação tema a sua cara, super moderna e ao mesmo tempo poética e com muito a dizer! bj!!

Nicolau Ponte Preta disse...

Cara que coisa louca e legal! Achei o máximo,continue aprontando assim.