domingo, 17 de agosto de 2008

a procura da cultura

saiu no guia da folha dessa semana  uma matéria a respeito do fenômeno de público de algumas exposições em cartaz na capital paulista. a mais visitada (no período da pesquisa) foi a do machado de assis no museu da língua portuguesa (que eu adoro!), chegando à média de 1.902 visitações por dia. depois veio o file, emoção art.ficial 4.0 (fiquei surpresa), bossa na oca e duchamp. realmente um fenômeno, ao qual eu vinha percebendo, como frequentadora, em disputas para interagir com as obras, fila para entrar, banheiros mais sujos, sinais de "muita gente".  fico muito feliz de saber que há mais procura por museus, que há mais gente participando de eventos artísticos e buscando esses momentos de fruição lúdica. 
por um outro lado não paro de questionar uma coisa: será que esse movimento é mais uma onda incentivada pelas empresas "patrocinadoras" (via isenção fiscal) dessas exposições, obrigando os consumidores culturais a busca por "estar in"? ou é realmente o aumento de interesse da população em adquirir conhecimento através da arte e cultura? 
particularmente acredito mais na primeira questão, mas espero de verdade que ela sirva como ponte para a segunda...

1 comentário:

Thiago disse...

Q saudades da vida cultural de São Paulo!!