quarta-feira, 25 de novembro de 2009

som, testando

uma das coisas que mais me desanimam de viver em são paulo é o barulho. mais até que o trânsito, as enchentes, a poluição do ar, a falta de segurança, as disparidades sociais, o prefeito... bom parar por aqui!! mas quando algo nos incomoda de verdade, nos persegue. o barulho é assim comigo. fiquei com uma obra bem em frente de casa por 2 anos, ela parecia eterna. além da bateção ao longo do dia, o caminhão de limpeza de entulhos chegava por volta das 2:00hs (da madruga mesmo) todos os dias e não adiantou, pelo menos nesse caso, ligar pro "psiu". mas a obra terminou há uns 3 meses. ufa, que alegria, vamos brindar!! será que agora serei feliz? até que dias depois começa uma outra, do outro lado da janela, pesada, profunda, parecendo uma expedição geológica ao magma terrestre!!! resolvi registrar e aí percebi que além dela, há outro tipo de barulho que sempre me rodeia por aqui, e esse é do bom...

4 comentários:

Thiago disse...

Qdo eu morava na 9 de jul. a Marta ficou furando o viaduto em frente ao meu prédio durante 2 anos!!! E o pior é que eu trabalhava de casa... aquelas traduções devem ter ficado um beleza....

Fá Gallo disse...

Aqui no meu prédio sempre tem alguém reformando. Não importa em que andar, em que lado, a obra parece sempre ser no vizinho!rs
É a pior acústia do mundo, prédio véio...
Beijo.

tati travisani disse...

thiago e fafá, que triste saber que compartilham comigo o mesmo problema. thiago, as vezes eu vejo uns filmes com legendas trocadas, ao invés de estar o nome da mocinha, geralmente susan ou elen, está marta, será coincidência??

Thiago disse...

Não, Tati, a Marta é a vilã, Ñ a mocinha!! hahaha O pior é q qdo a obra ficou pronta não mudou nada, Ñ sei pq furarm tanto aquele viaduto!