segunda-feira, 29 de setembro de 2008

em são paulo, tudo!

climinha do club 8

já é um jargão dizer que são paulo é um mundo, onde tudo acontece, é a cidade das oportunidades, uma cidade mundial, e ai por diante. e é verdade, são tannntas coisas que muitas vezes dá uma agonia enorme! a vida cultural é tão intensa que para uma pessoa normal que não tem tempo, dinheiro (ou os dois) suficiente para acompanhar, pode se sentir um pouco à parte disso tudo. já desistir de sofrer demais por isso e comecei uma nova coleção de consolo: de shows não idos. e nesse segundo sementre minha coleção está bombando! madonna, dave matthews band, ben harper, todos dos skol beats (parace que do justice foi demais, mas não quero saber), peter bjorn and john (comentários elogiosos, esquece) the hives, e também virá o tim festival e rem (aiai) pra coleção continuar crescendo!! fico realmente impressionada com os valores cobrados por cada show (estão entre os preços mais caros do mundo, perdendo apenas para tokio) e como os ingressos acabam rapidamente. a salvação, e aqui aproveito pra fazer uma campanha, é o sesc. lá os valores são condizentes com a maioria das realidades, as unidades são descentralizadas e a programação super variada. semana passada estive lá e assisti um show de uma dupla sueca que mal conhecia e foi uma delícia, recomendo a club 8. viva o sesc!! contra os valores absurdos!!

3 comentários:

Mari disse...

pois é, acho otima a ideia de colecionar nao-idas a shows. eu tenho quase uma coleção completa. estou pensando até em vende-la a algum colecionador... ;)

flaviatravisani disse...

Totalmente apoiada....Vc sabe o qto me revolto em relação a esse assunto....Ontem aqui no Rio o preço mais baixo do Dave Matthews Band......R$ 240,00.....só??? Praticamente de graça...e olha q nem era um festival com várias bandas.....Sem comentários....Revoltante.....

tati travisani disse...

mari, se vc vender faturada como os ingressos, vai ganhar um dinheirão!
flá, nós sofremos com isso...